Resumão Tribos e Impérios – Eps68

Publicado em

Data

Resumão Tribos e Impérios – Eps68

Muyun De diz a Ling He Qing que ele pode recuperar toda a glória que tinha antes. Ele precisa apenas ajudar o senhor Mo, usando magia de influência para enganar alguém.

No campo de batalha em Han, os soldados Muru estão exaustos.
Shuofeng He Ye e Muyun Yan Shuang passam a noite sob o céu estrelado. Ela diz que contou quantos soldados He Ye matou, foram 19. He Ye diz que o sobrenome dela não terá mais qualquer significado quando o Grande Império Duan deixar de existir, e então eles não serão mais inimigos. Ele quer que ela guarde na memória essa noite em que os dois tem essa chance de contemplar juntos as estrelas, pois isso é muito raro.

Uma chuva muito intensa começa na Província de Han, e Shuofeng He Ye protege sua amada e inimiga.
Um novo confronto tem início abaixo de muita água. Dessa vez há muito mais mortos no lado Muru.

A serva A-Shan vai visitar sua senhora Nanku Ming Yi na prisão. Ela comunica que He Ge voltou com segurança e Ming Yi se desespera pedindo que A-Shan elabore um plano para ela poder ver o filho. Mas logo em seguida ela fica frustrada, pois acha que A-Shan não é capaz de nada.

A-Shan parece determinada a mostrar a sua senhora que ela é capaz de ajudá-la. Ela então junta todos os poemas que a Nanku Ming Yi fez para o imperador. A-Shan espera que assim irá amolecer o coração de Sua Majestade.

Ling He Qing surge de repente e encontra Han Jiang perto da residência de Muyun Sheng.
Ele diz que vai levá-lo até Su Yu Ning.

A-Shan consegue consegue convencer Yu Xin Ji a deixá-la passar para encontrar o Imperador. Ela quer implorar para que ele liberte Nanku Ming Yi.

Muyun Sheng chega no palácio e percebe que os guardas estão todos mortos. Yu Xin Ji também está caído. Ele então encontra Han Jiang ferido, que apenas diz pra ele sair dali.

Então Muyun Sheng encontra o Imperador Muyun Qin morto. A-Shan também está morta ao seu lado. Ele se desespera e acha que pode trazer o pai de volta a vida, como fez outra vez, mas seus poderes mágicos ainda estão fracos.
O sevo Wu Ru Yi estava escondido e sobreviveu, ele grita que foi Han Jiang quem matou o Imperador.
Yu Xin Ji acorda e Muyun He Ge chega ao palácio. Wu Ru Yi continua gritando a todos que foi Han Jiang quem matou Muyun Qin. He Ge empunha uma espada e dá um golpe fatal em Wu Ru Yi.

Bandeiras de luto são erguidas na corte, e o funeral do Imperador tem início.

Veja também